Reformando a casa: conheça o guia básico para reformar com tranquilidade e economizando

Saiba como reformar com tranquilidade através de dicas úteis; confira também como economizar na reforma

Quem passou por uma reforma sabe: trata-se de um momento um pouco complicado e, às vezes, cansativo. Afinal, lidar com os problemas oriundos de uma reforma pode ser difícil de diversas formas, desde o cansaço físico até o estresse

Entretanto, existem maneiras eficientes para reformar com tranquilidade e segurança o ambiente,  com a certeza de que 0 resultado final será surpreendente.

Confira, então, as dicas que separamos para ajudá-los na hora de reformar.

1) Antes da reforma: planeje-se

Toda e qualquer reforma, sem exceção, deve começar com um bom planejamento.

Esse planejamento serve principalmente para evitar imprevistos e outros problemas que podem acontecer ao logo da reforma.

Portanto, ao planejar uma reforma, o intuito é evitar empecilhos desagradáveis.

Por exemplo: ao reformar o banheiro, você deve saber que ele ficará interditado por alguns dias, portanto, é preciso se planejar para uma situação como essa.

Além disso, reformas são sempre barulhentas e deixam o ambiente muito sujo. Então, essa é outra situação que você deve antecipar para evitar transtornos desagradáveis.

Existe, também, o planejamento financeiro de uma reforma. Vamos supor que você está disposto a gastar exatamente 10 mil reais ao reformar a cozinha. É importante saber que a reforma em si não deve passar de 9 mil.

Isso se deve ao fato que as reformas muitas vezes sofrem imprevistos. Pode precisar de uma lata de tinta a mais, um saco de cimento ali, um revestimento quebrado ali…

Portanto, planejar-se para situações como essa é fundamental. Esse 1 mil reais que sobrou é justamente para cobrir eventuais imprevistos.

Portanto, lembre-se sempre que o segredo para uma reforma tranquila está nos pequenos detalhes.

2) Antes de reformar: inspire-se

Outra forma de garantir uma reforma tranquila é assegurando que o resultado da obra seja incrível e surpreendente, não é mesmo.

Parte do sucesso de qualquer reforma está na forma como você idealizou o ambiente. Para que isso seja possível, inspirar-se é essencial.

Você pode encontrar inspirações de reformar de diversas formas: em revistas de decoração, em sites especializados, em blogs de decoração como o da Spazioarch, em programas de TV’s, em aplicativos de fotos como o Pinterest e muito mais.

Ao ver fotos e projetos para se inspirar, nossas ideias aumentam, o que favorece uma reforma mais personalizada, de acordo com os nossos gostos e preferências, aumentando, assim, as chances de um resultado ainda mais incrível.

3) Antes da reforma: compare e pesquise os melhores preços

Pesquisar e comparar preços é a melhor escolha para reformar com tranquilidade e, claro, economizando.

Em um mercado como o nosso, os preços estão sempre alternando nas lojas de materiais de construção.  Então, comparar os valores é sempre uma alternativa importante para que busca diminuir o valor final da reforma.

Uma simples ida a algumas lojas de materiais de construção pode ser o suficiente. Até mesmo pesquisar na internet os diferentes valores é torna-se uma opção interessantíssima.

Com certeza, após uma minuciosa pesquisa de mercado, os valores da reforma diminuirão.

4) Antes da reforma: cuidados com seus móveis

Antes de qualquer reforma, você deve proteger os móveis e aparelhos do ambiente onde a reforma será feita.

Se possível, mova todos os aparelhos, móveis e objetos decorativos para outro espaço, a fim de evitar contato o contato com a poeira, tinta e sujeira.

Caso não tenha como tirar do lugar algum móvel, certifique-se apenas de cobri-lo adequadamente com algum lençol ou cobertor.

5) Reformando a casa: um cômodo de cada vez

Jamais reforme vários ambientes de uma vez só. Sempre comece e termine um ambiente de cada vez. Dessa forma, o transtorno com a reforma será muito menor.

Imagine, por exemplo, quebrar as paredes de um cômodo, pintar o outro, revestir o chão de um ambiente, instalar encanamento novo em outro espaço, tudo isso ao mesmo tempo, acontecendo simultaneamente.

Isso causaria um caos para qualquer um, independentemente do tamanho da obra.

Então, a dica é reformar cada um dos cômodos individualmente. Ou seja, só passe para outro cômodo uma vez que tudo for finalizado.

6) Reformando a casa: economize ao reformar

Economizar reformando é simples. Existem métodos que podem ajudar a aliviar um pouco os gastos.

Por exemplo, uma excelente dica é utilizar o piso sobre piso como forma de economizar.

O procedimento é descomplicado, já que não há necessidade de quebra-quebra na obra, uma vez que o piso é instalado sobre o revestimento antigo.

Além de econômico, isso faz com que a reforma seja mais rápida e com menos sujeira.

7) Depois da reforma: limpeza

Depois que a reforma chega ao fim, dá-se início a outra etapa importante: a limpeza.

Caso você queira, existem empresas especializadas em limpeza pós-obra que podem ajudá-los nessa etapa.

Já se você não quer gastar com uma empresa desse tipo, a dica é limpar tudo com todas as ferramentas à sua disposição, como baldes, rodo, vassoura, aspirador de pó e produtos de limpeza.

Caso você lave a região, apenas comece a limpeza a partir da região mais distante até a área onde a água será escoada, como no ralo.

 

Reformando a casa: conheça o guia básico para reformar com tranquilidade e economizando