Aprenda a reformar a casa gastando pouco

Através deste artigo, saiba como reformar a área externa da casa com dias incríveis e que vão te surpreender

É muito comum que as pessoas busquem deixar o ambiente de dentro da casa sempre muito bonito e elegante. Saiba que isso é muito bom, já que a busca pela casa dos sonhos é algo incrível e extremamente prazeroso.

É preciso também, em contrapartida, não deixar de lado a área externa da casa.

Afinal, essa parte da casa é, geralmente, o cartão de visitas do imóvel; e, por esse motivo, merece tanta atenção quanto a parte interna.

Agora, uma vez decidido reformar a área externa da casa, torna-se interessante conhecer algumas dicas úteis, que visam facilitar essa importante etapa.

1) Analise a área externa e busque referências

Esta primeira dica é muito importante ao reformar a área externa da casa, já que ela representa a primeira etapa de um processo muitas vezes longo e cansativo.

Primeiramente, recomenda-se analisar toda a área externa da casa, de forma a identificar a região exata em que a reforma se faz necessária.

Por exemplo: você quer reformar apenas a garagem? Apenas o jardim?  A varanda? Ou somente o quintal?

Essas são questões importantes a serem decididas antes de qualquer tomada de decisão.

Após definir a região que deseja reformar, chegou a hora de inspirar-se.

A inspiração, em 99% dos casos, dita o rumo de qualquer reforma. As referências são imprescindíveis para garantir que o resultado seja o mais incrível possível.

Claro, é importante dizer que as reformas dificilmente são idênticas às inspirações vistas. Mas isso é muito bom, pois dessa forma a reforma consegue ter o seu toque pessoal, adaptando-a aos seus gostos e preferências.

Onde posso buscar inspirações para a minha reforma na área externa?

Existem muitas mídias para conseguir a inspiração e referências necessárias para a reforma da parte externa da sua casa.

Atualmente, os mais populares meios para ajudar na inspiração da reforma são:

  • Pinterest;
  • Revista de decoração e reforma;
  • Sites e páginas especializadas em decoração e design de interiores.

É possível encontrar referências a um clique de distância, na palma da sua mão, através do seu smartphone.

O próprio Pinterest tem um aplicativo e nele você encontra milhares de fotos para conseguir a inspiração necessária para sua obra.

Então, não se esqueça essas duas importantes etapas ao reformar a área externa de casa: analisar o ambiente e buscar referências para inspirar sua reforma.

2) Faça orçamentos e projetos

Agora que você já sabe onde exatamente quer reformar e também já separou algumas referências para ditar o rumo decorativo da reforma, chegou a hora de tirar tudo da imaginação e colocar no papel.

A primeira coisa a se fazer nessa etapa é realizar um orçamento ou projeto com a empresa que você deseja.

Essa é uma etapa inevitável, pois é o momento em que temos uma melhor noção de como será a reforma da área externa.

Analisam-se diversos aspectos que englobam uma reforma, como a viabilidade, os custos, os materiais e a mão de obra do projeto.

Com essas informações, tem-se uma melhor noção da reforma, podendo, dessa forma, realizar ajustes e mudanças pontuais.

3) Reformando a área externa da casa

Agora que você definiu o meio para tirar a reforma do papel, chegou o momento de colocar a mão na massa.

Nessa etapa, é importante saber que nem tudo serão flores. A sujeira será presente no ambiente, assim como o barulho em excesso em alguns casos.

Portanto, é preciso planejar-se para todas essas situações.

Caso você tenha piscina ou um jardim, o ideal é cobrir essas partes, a fim de garantir que tudo permaneça em boas condições, sem quaisquer danos.

Dicas bônus: escolhendo o revestimento da área externa

Após ler todas as dicas já citadas neste artigo, com certeza você estará mais preparado para uma reforma na parte externa da sua casa.

Agora, a fim de tornar ainda mais completa sua reforma, listamos alguns dos revestimentos mais interessantes para deixar sua casa ainda mais bonita e agradável de morar.

  • Piso pedra;
  • Grama;
  • Ladrilhos hidráulicos;
  • Madeira.

Começamos pelo piso pedra, que é ótimo tipo de revestimento para criar um ambiente que remete mais à beleza natural.

O diferencial dos pisos em pedra está na sua aparência, que combina perfeitamente com o piso externo. E não para por aí, já que esse piso oferece mais durabilidade e resistência, características perfeitas para um ambiente sujeito às intempéries causadas pela chuva e também exposto ao excesso de sol.

Já a grama é outra forma de revestir o ambiente externo, de forma a deixar a paisagem mais agradável e viva.

Existem, também, outras plantas, que podem revestir as paredes, criando um muro verde chamativo e, claro, muito lindo.

Agora, os ladrilhos hidráulicos são excelentes para usar como revestimento nas áreas de lazer externa, como churrasqueira, por exemplo.

O efeito visual é muito lindo e moderno. Pode-se utilizar os ladrilhos tanto no chão como nas paredes, de acordo com seus gostos.

Por fim, a madeira é frequentemente utilizada na área externa em decks, em áreas de descanso, varandas e até mesmo à beira das piscinas.

Agora, veja uma algumas imagens de áreas externas construídas com esses revestimentos.

Aprenda a reformar a casa gastando pouco